Kendall + Kylie e um tanto de roupa linda!

5 de fevereiro de 2016

Dormi no ponto, né? Que esse lançamento aconteceu no começo da semana.

Maaaaaas, dêem um descontim porque me enfiei no meio das montanhas, -25 graus e só neve em volta a semana inteira. Por isso esse leve delay na informação.

Eu demoro mas chego! ;)

Bora pra coleção novíssima em folha das irmãs Jenner?

Can’t wait! :)

kendall-kylie1

São 15 peças e os preços variam de R$26 a R$385 reais, mais ou menos.

Justo, né?

kendall-kylie2

Já colocaram pra vender!

Essa semana vou ver se entro em algumas das lojas (Neiman MarcusNordstrom ou Saks Fifth Avenue, essas todas entregam no Brasil!!!) para fazer uns snaps com o que tem disponível (se é que ainda tem, né?!) e que sabe umas comprinhas! ;)

Enquanto isso mato a curiosidade por aqui mesmo junto com vocês!

Partiu?

kendall-kylie3

kendall-kylie4

Publicado em: MODA | Com a(s) tag(s): , , ,

A garota dinamarquesa

3 de fevereiro de 2016

garota-dinamarquesaMais um pra conta!

Sou completamente louca-alucinada pelo Eddie Redmayne. Ele tá no meu top 5 atores favoritos da vida. Mole.

Se ele tá no filme, eu compro o ingresso. Não preciso nem saber do que se trata.

No caso de A Garota Dinamarquesa o amor era por ele e pelo diretor, o londrino Tom Hopper que fez O Discurso do Rei e levou Oscar de melhor filme, ator, roteiro e (óbvio!) diretor por ele em 2011 acho. 2011 ou 2012.

Enfim… Também amo o trabalho dele. Sou muito fã dos dois. Por isso minha primeira escolha assim que cheguei em Nova York. Corri para o cinema. Acho que ainda não chegou no Brasil, né? Ou já? Nem sei…

O filme é inspirado em fatos reais, baseado no livro de David Ebershoff, se passa na década de 20 em Copenhagen. Conta a história de Lili Elbe, personagem de Eddie, que foi a primeira transsexual a passar por uma operação e mudar de sexo. Pensem nisso nos anos 20? Se hoje em dia ainda choca, pensem nos anos 20…

A gente acompanha a luta interior do personagem o tempo todo. Do começo ao fim. Einar (nome do personagem de Eddie antes de mudar de sexo!) é casado com Gerda (personagem da MARAVILHOSA Alicia Vikander), e depois de provar um vestido para posar para ela como modelo para uma pintura, alguma coisa desperta dentro dele.

Isso tudo tá no trailer, tá? Não tô dando spoiler não!

O trabalho dos dois atores é de uma sensibilidade sem tamanho. Eu não me lembro de nada dessa atriz, alguém me lembra? Porque minha memória é podre… Mas me encantei muito com ela. Muito.

A química dos dois, os momentos de silencio, as sutilezas das interpretações… Eles dão show!

A direção é impecável. A fotografia, assim, sem palavras. Os quadros são sempre muito bem trabalhados, escolhidos, sabe? Sofisticados… Tudo muito sensível e emocionante.

Tenho pra mim que Tom Hopper vai levar mais troféu pra casa esse ano. E acho que Eddie também é fortíssimo candidato. Juro que eu fava torcendo muito pelo Di Caprio esse ano, ainda nem vi o filme dele, tá na minha lista, mas por todos os filmes que o cara já fez, sabe? Não sei se a academia tem preconceito com ele, não sei qual foi que ele nunca ganhou nada. Então, torço super por ele porque acho ele um ator incrível, foi minha paixão adolescente e blablabla. Enfim, fava na torcida, mas sinceramente, depois de ver o trabalho do Eddie aqui, senti que tá bem apertado para todos os concorrentes.

Aliás ele levou Oscar em 2014 por A Teoria de Tudo, cês lembram? Então… Aqui ele deixa a gente igualmente sem ar com o seu trabalho. Ou seja…

Enfim, vamos esperar a premiação pra ver!

;)

Publicado em: CULTURA | Com a(s) tag(s): , ,

Sabe qual o próximo papel de Jennifer Lawrence?

1 de fevereiro de 2016

Sim, ela concorre ao Oscar por seu papel em Joy:

jennifer-lawrenceMas eu já estou de olho em seu próximo trabalho…

Que, acreditem, tem potencial pra render mais indicações à prêmios.

Jennifer Lawrence é muito esperta na escolha das personagens que decide interpretar, e desta vez embarcará em outro filme biográfico na pele de Marita Lorenz, uma mulher americana de origem alemã que se tornou amante de Fidel Castro, em 1959.

A história já foi contada no livro autobiográfico Lieber Fidel – Mein Leben, meine Liebe, mein Verrat (Querido Fidel – Minha Vida, Meu Amor, Minha Traição), lançado em 2001.

Marita se envolveu com Fidel, e mais tarde foi abordada pela CIA para que retomasse a relação na missão de matar Castro.

Nessa história, já contada pelo documentário Lieber Fidel, do jornalista alemão Willi Huismann, ainda temos uma gravidez, pílulas de veneno trazidas escondidas em pote de creme e outros detalhes que com certeza servirão de combustível para mais uma brilhante atuação da garota de ouro do cinema americano.

E a história de Marita Lorenz vai longe. Ela vive nos Estados Unidos, afirma ter tido envolvimento no assassinato do presidente Kennedy e pra incrementar mias um pouco, conta que também namorou um ditador venezuelano e realizou missões de espionagem para o FBI.

Na web você pode encontrar diversas entrevistas e documentários que trazem a história de Marita, contada por ela própria:

Agora é esperar pra ver!

coluna-da-paulinha-31-08

Publicado em: CULTURA | Com a(s) tag(s): , , , , ,

A Grande Aposta

28 de janeiro de 2016

a-grande-apostaSeguimos com minha Maratona Oscar! :)

A Grande Aposta foi indicado a Melhor Filme, Diretor, Roteiro Adaptado, Montagem e Melhor Ator Coadjuvante para o maravilhoso Christian Bale.

Mas, de novo, não acho que valia prêmio. Assim, minha humildissíssima opinião. Mas acho que não vale.

Vamos lá…

Fui ver o filme com meu pai e minha mãe. A mama saiu odiando o tempo perdido. Achou lento, chato, desnecessário. Meu pai curtiu. Mas curtiu meio que pelo conhecimento adquirido. Por relembrar toda a crise econômica americana de 2008 (o filme trata-se da história das poucas pessoas que previram essa situação!) em detalhes. Ou seja, você sai do cinema com a mente refrescada, dados atualizados, informação colocada pra dentro. Então meu pai gostou.

E eu fiquei no meio do caminho…

Assim, acho o filme confuso. São muitas termologias o tempo todo. E a gente vê o diretor quebrando a cabeça para deixar o filme acessível. Textos e desenhos na tela para ilustrar, Selena Gomes e Margot Robbie deusa fazendo participação para tentar chamar nossa atenção e dar uma rápida explicação sobre isso e aquilo, como um adendo, sabe? Não sei se pra dinamizar ou se para facilitar… Não sei! Sei que pra mim continuou confuso.

O filme adapta o livro de Michael Lewis The Big Short: Inside the Doomsday Machine – publicado no Brasil como A Jogada do Século. 

Valeu pela história adquirida?

Valeu…

Valeu por ver também Bale em cena, que é sempre aula… Brad Pitt também em participação rápida.

Ah, valeu…

Sempre vale!
Agora partiu próximo!

Publicado em: CULTURA | Com a(s) tag(s): ,

PERFIL

INSTAGRAM

Maquiagens 250x250

TAGS

#AmigosAmigosAmoresaParte #ColunadaPaulinha #instalooks #ItSong #LeitorasNoElevador #paponosso #PlaylistConvidados arte cinema conforto crônicas esmalte estampa exposição festa Hummm! iphone Jeans Julia Faria Look do Dia Look of the Day MaratonaOscar! meninos minhas leitoras! Moda de Rua must have música na cabeça No Elevador! Nova York NY quote Restaurante! shop show São Paulo séries teatro tem que ir tem que ver Trend Alert! verão Viagem vida real videoteca

FACEBOOK

PINTEREST

BUSCAR

ARQUIVOS