(Mais!) Top 10 * Restaurantes em NY

21 de novembro de 2014

Mais uma listinha de preferidos em Nova York. Fiz um TOP 15 final do ano passado e um TOP 10 quando cheguei lá, bem no comecinho da viagem, lembram? Agora um último para encerrar a temporada. E quando voltar, ano que vem (#oremos) a gente volta de novo no assunto.

As opções não acabam n-u-n-c-a nesse lugar… Quando chegou perto da data de ir embora eu saí perguntando para todo mundo que eu conhecia e encontrava durante o dia os restaurantes preferidos da cidade. Alguns me davam nomes que eu já conhecia. Mas váaaaarios outros me falavam de lugares novos.

Uns já na minha listinha de pendências. Outros que sequer tinha ouvido falar. E fui indo meio que aleatoriamente… Almoçando e jantando fora. Um lugar novo por dia. As vezes dois. Uma vontade de sentir que aproveitei, sabe? Que desbravei um pouquim do tanto que Nova York oferece…

Enfim… Fiz o que pude! Prometo! E trouxe alguns dos meus favoritos para dividir com vocês! Vamos lá…

top-10-restaurantes10Esse foi dica de uma amiga que mora há anos no Brooklyn.

Queria algum novo bonitinho/badaladinho por Williamburg. E ela me indicou o Juliette!

Novo porque nunca fui. O restaurante em si é bem antiguinho e bombado. E eu adorei a indicação!

Sentei no andar de cima (bem animado!) mas também tem um terracinho no andar de baixo com teto de vidro super charmoso.

Só gente linda! Decoração cool. Comida bem gostosa. Ambiente mara. Vale super a visita!

top-10-restaurantes9Esse é o meu brunch preferido em Nova York!

Para falar a verdade eu não sou muito de brunch… Nunca me encontro nos cardápios. Ou é coisa que vai me deixar com fome, ou coisa que não combina para café da manhã, sabe?

Independente da hora, se é a primeira refeição do dia, para mim continua sendo café da manhã! Muito raro eu pular o café e ir direto para o almoço… Mesmo acordando tardão! Mas o Buvette me ganhou! Me convenceu do brunch. Muito.

Primeiro porque o ambiente é muito gostoso. Segundo porque a comida é surrealmente boa.

É micro. E não rola reservar. E como sempre ia nuns dias/horário meio drama (tipo domingo – duas da tarde!) eu s-e-m-p-r-e tive que esperar para comer lá. Mas ok. Espera válida. Nunca fui embora insatisfeita.

Waffles de comer rezando e croque monsieur divino! Meus preferidos!

top-10-restaurantes8Um dos restaurantes mais românticos que já fui em NY. Tá indo para lá de casal? Tem que ir!

A comida é maravilhosa! Fui em quatro pessoas e provei o prato de todo mundo. Sabe quando nada é mais ou menos?

Fica de frente para o rio. Todas as mesas são viradas para água. Demais!

Fui esses dias, já tava frio drama, então os barquinhos não tavam disponíveis para passeio. Mas se for no verão, vá passear de barquinho. Antes ou depois do restaurante. Se for no inverno, pode emendar na patição no gelo, que foi o que eu fiz com minhas amigas!

Delícia, delícia, delícia!

Já anota aí para ir no seu dia de Central Park!

top-10-restaurantes7

Pequeno e supercool!

Tem uma sangria (para quem gosta! Eu amo!) de jarra beeeeem gostosa e com preço justo!

A gente pediu mil coisinhas (umas croquetas maravilhosas!) e dividiu. Agora tenho que dar atenção especial para sobremesa:

MELHOR CHURROS QUE COMI NA CIDADE!

Sem sombra de dúvida… E olha que é de Nutella que eu nem amo. Churros para mim é com doce de leite e ponto. Mas me rendi para esse… Quentinho. Crocantinho. Bom demais!

top-10-restaurantes6Alguém ainda não ouviu falar do Shake Shack?

Acho que é o hamburguer mais famoso da cidade. Não é o melhor. Não na minha opinião. Já falei do meu preferido (até hoje!) aqui.

Mas é beeeeem gostoso! E tradicional, né?

Aquele queijo que derrete, bem gorduroso, batata frita com cheddar e bacon… Hummmmmm… Já aguei! Affff…

top-10-restaurantes5Mais uma opção de italiano delícia para ir!

Meu preferido é de longe o Pitti, também já falei dele aqui. Arrisco dizer que é mais que meu italiano favorito, acho que é meu restaurante favorito na cidade mesmo. Amo o ambiente, a comida, a frequência, as mesas na calçada e tal… Sou viciada. Vou (ia, Julia! Ia!) tipo uma vez por semana. Mas o momento é do Morandi então vamos focar nele! ;)

Tava atrás de uma outra opção de italiano para dar uma variada e amei muito esse. Também virei freguesa.

Burrata mara. Prosciutto mara. Mesinhas na calçada e frequência também maras. E ganha do Pitti no atendimento que lá é impecável. Enquanto no Pitti, o povo é meio bruto. Tiram seu prato da entrada para servir o principal enquanto você ainda tá comendo. Nada de papo na mesa, é chegar, pedir, comer e partir. Eles tão sempre lotados e sem paciência para você. Mas fazer o que… É a melhor burrata de NY.

Então nos dias que eu quero papear, comer sem pressa, sem pressão, mas não abro mão da minha burrata, escolho o Morandi que não deixa a desejar! Bem bem bem bom!

top-10-restaurantes4O negócio aqui é para ostras e bons drinks! ;)

Eu nem sou muito de ostra. Como. Gosto. Mas normal. Não é uma coisa tipo burrata que me dá desejos graves, sabe?

Jamais aconteceu de “Hummm… Tô com um desejo de ostras!”. Rs. Pelo menos não até hoje. Agora depois do Maison Premiere isso pode muito bem acontecer.

Experimentei m-u-i-t-a-s ostras. De vários lugares. Ouvi as histórias, umas são mais assim, outras mais assado. E me deliciei. Não sabia que davam para ser tão diferentes e tão maravilhosas.

Para quem gosta, tem que ir. Fora que o lugar é o máximo, fica no Brooklyn. Tá dividindo com o Mogador (já falei dele aqui!) o posto de preferido em Williamburg. E digo mais, como o Mogador tem também em East Village, se você me pedisse dica de um restaurante no Brooklyn, apenas um, te diria o Maison!

Bem bem bem cool!

top-10-restaurantes3Meu happy hour preferido!

Só gente jovem, descolada, preço ótimo. Mais simples, sabe? Mais hipster, vai. Vamos falar assim!

Uma kombi no meio do restaurante. Tacos mil. Tem um milho mara que vale muito pedir. E a sangria (deu para ver nesse post que eu gosto de uma sangria, né? #abapha) perfeita.

Deu umas 5, 6 da tarde? Vá com os amigos lá que a chance de vocês fazerem outros amigos e aumentarem a turma é grande!

Mas ó, mesinha e cadeira de metal, sabe? Simplinho!

top-10-restaurantes2O Red Rooster não é um restaurante. É uma experiência.

Fiz minha despedida lá. Fui nessa semana então tá tudo fresquinho na cabeça!

Fica longe, no Harlem. E é super super concorrido. Não vá sem reserva que a chance de você ficar para fora é gigante. E como fica longe, nada de arriscar perder a viagem.

Eles tem música ao vivo todos os dias. Jazz acho que é domingo e segunda. E é sensacional. A banda fica no bar mas os cantores passeiam pelo restaurante também. É demais!

Todo mundo que foi comigo saiu maravilhado!

E lambendo os beiços pós franguinho apimentado (aquele que a gente come com a mão, sabe?) e batata frita!

Não deixa de ir! É muito legal!

top-10-restaurantes1Meu speak easy favorito na cidade!

Vocês sabem o que é speak easy?

São portinhas que você não dá nada e que tem espalhadas por toda Nova York, aí quando você entra se surpreende com um lugar maravilhoso. Vários bares lá são assim. Porticas minúsculas e sem graça, mas que alguém te manda entrar, e quando você entra: WOW!

Uma amiga (bem exigente!) tinha me dito que o La Esquina era o preferido dela. Quando fui a primeira vez, ano passado, comi no café. Não tava sabendo! Sim, porque eles tem uma portinha lateral com um restaurante ok. Mas nada demais. Aí tem também esse aí da foto que as pessoas compram para levar para casa e tal. E tem o restaurante. Que é o top. Que só vai quem sabe.

Sem reserva também esquece. Nem te deixam passar pela portinha que você não dá nada, que te leva para dentro da cozinha, depois para outra portinha e enfim o restaurante. Reserve! E com antecedência.

Sempre dei muita sorte em todas as vezes que fui. Experiências sempre maravilhosas. Conforme vai ficando tarde, a música vai aumentando e vira baladinha. Sempre mara.

Tem que pedir: fondue de queijo e milho. Depois vocês me contam!

Ufa…..

Foi!

Já tô sofrida aqui revivendo tantas calorias consumidas e momentos vividos… Cada restaurante desses com um grupo de amigos e histórias diferentes para contar… Tão bom!

Tão bom que eu tenho isso aqui também para poder dividir… E para guardar… E para poder voltar de novo e poder reviver. E relembrar para poder repetir!

Enfim…

Tomara que gostem das dicas! E quero notícias de quem experimentar alguma delas! Se valeu, se não… Se o lugar continua mara, se caiu…

Me mantenham informada, ok?!

Mais 10 para nossa lista que tava em 25. Temos agora 35 restaurantes em NY de sugestão.

Nada mal…

Que venham mais 10… E mais 10… E mais…

Publicado em: GULA, TOP 10, VIAGEM | Com a(s) tag(s): , ,

Do dia: Maxi Camisa!

18 de novembro de 2014

Último respiro antes do frio desesperador chegar com tudo aqui em Nova York!

Tô subindo essas fotos e já tá tão frio que nem me lembrava que dias atrás dava para sair só com um tricô…

Affff… Bons tempos! ;) Agora são dois, três casacos… 0 graus. Drama!

Acho que esse foi um dos looks que mais fez sucesso no instagram. Vocês elogiaram bastante!

Bora para fotos e para os créditos:

look5

look6look4look2look3

Camisa e colar Urban Outfitters, tricô Zara, meia-calça American Appareal, sapato Chanel, óculos Ray Ban e bolsa Louis Vuitton.

O cabelo, que vocês vivem me pedindo tutorial, é uma tiara de trança, com elástico na base. O que já facilita muitíssimo, né?!

Mas prometo um videozinho no instagram com o caminho das pedras, ok?!

Vou tentar fazer essa semana. Prometido!

E o look?

Curtiram?

FOTOS: FERNANDA CALFAT

Publicado em: LOOKS | Com a(s) tag(s): ,

Tame Impala

17 de novembro de 2014

Que eu sou uma curiosa vocês tão cansados de saber, né? E não é pouco não… Sou m-u-i-t-o curiosa. Adoro ouvir novas histórias. Ir em exposições de artistas que não conheço. Novas cidades. Provar o que nunca comi na vida. E assim vai…

Sou totalmente aberta ao novo. Informação e conteúdo nunca é demais, então se você tem alguma coisa que ainda não conheço para me apresentar, já me ganhou! E (também já falei disso aqui antes!) para isso tenho amigos mil que vivem dividindo coisas comigo… Foi assim que fui parar no show do Tame Impala aqui em Nova York.

Vi que ia ter o show e o Lucio (amigo-sabe-tudo-de-música) disse que era imperdível. Eu até já ia ver o show dos caras em São Paulo, ainda vou, no Popload Festival, final de novembro, mas que em NY a vibe devia ser outra. Que eu não podia perder! Que seria experiência de vida, ele costuma dizer isso sempre! E eu adoro pensar desse jeito… É sempre o momento em que me rendo. Quem é que vai negar experiência de vida? Eu não! Jamaisssss!

E lá fui eu… Para o Beacon Theatre sem saber absolutamente nada sobre os caras.

Assim… Sabia que eles eram australianos. E que faziam um som meio psicodélico. Só. Ouvi uns mini trechos na internet antes de comprar o ingresso. Mas nada demais. Confiei na tal da experiência de vida e fui! ;)

tame1Arrisco dizer que foi o melhor show que vi nessa temporada que estive fora… (Bey e Jay Z não conta, tá?) E olha que vi bastante coisa. Muita mesmo. Fiquei completamente hipnotizada do começo ao fim do show.

Tudo sem saber cantar uma música sequer… Coisa que é bem importante para mim. Sou do tipo que ama saber o repertório todo de cor. De me sentir parte mesmo da parada. Ficar esperando minhas músicas preferidas, sabe? E acho que no final das contas não saber absolutamente nenhuma foi ponto a favor, que me deixou prestando total atenção em todas. Curtindo todas. Cada segundo.

Eu achei os caras meio Beatles da nossa geração, sabe assim? Puro achismo, tá? Nenhum conhecimento de causa… Tomara que ninguém me massacre pela comparação. Juro que tinham umas músicas que me levavam muito para esse lugar betlesístico… Essa sensação. Com mais cores, mais efeitos, mais psicodelismo, sim, tá certo. Mas ó, dá play nessa aqui (uma das minhas preferidas do show e vê se não concordam:

Sorry a qualidade! Fiz com meu celular…

Agora me digam? Faz sentido ou nem? (#medos) Concordam?

Bom… Anyways eu amei muito-muito-muito!

E já deixo de dica para as (os) curiosas (os) como eu (que ainda não conhecem!) baixarem por aí…

Os caras são gênios!

E quem sabe a gente não se encontra no show deles dia 28 em São Paulo?!

;)

Publicado em: PLAYLIST | Com a(s) tag(s): ,

#InstaLooks

14 de novembro de 2014

Dando continuidade a nossa nova tag (curtiram?), os últimos looks que postei no instagram com todos os créditos para vocês!

Boralá?

looks-insta1

looks-insta5looks-insta2looks-insta3looks-insta4Bora escolher o preferido?

Qual, qual, qual?

Um tanto de gente me pergunta dos chapéus que desenvolvi junto com a Nath Hats. Eles tão prontinhos, lançaremos para venda em breve!

Dou notícias, tá?

Ah, outra coisa! Nosso botão de like voltou a funcionar!

Estamos fazendo testes mil para descobrir da onde vem um probleminha que a gente tá tendo. Achavamos que podia ser o like. Por isso deixamos um tempim sem para testar. Várias de vocês me escreveram pedindo de volta! :)

A notícia boa é que não é ele o problema e já colocamos de volta. A ruim é que todos os últimos posts ficaram sem os likes de vocês, então vou amar se rolarem a página para curtir o que acharem que vale! É dali que meço o quanto gostaram ou não, tiro novas idéias…

Dali (e dos comentários!) que sinto o retorno de vocês!

Então, please?!

;)

Publicado em: LOOKS | Com a(s) tag(s): , ,

PERFIL

INSTAGRAM

TAGS

#AmigosAmigosAmoresaParte #ItSong #LeitorasNoElevador #paponosso #PlaylistConvidados art arte cinema conforto crônicas décor esmalte Espaço Fashion estampa exposição festa Hummm! iphone Jeans Julia Faria Look do Dia Look of the Day MaratonaOscar! meninos minhas leitoras! Moda de Rua musa must have música na cabeça No Elevador! Nova York NY para chorar! Paris quote Restaurante! teatro tem que ir tem que ver Trend Alert! verão Viagem vida real videoteca

FACEBOOK

PINTEREST

BUSCAR

ARQUIVOS