Enquanto o filme não vem…

29 de janeiro de 2015

Sou só eu que tô no desespeeeeero pelo filme 50 Tons de Cinza?

Cada vez que vou ao cinema e vejo o trailer fico mallll de ansiedade… É agora! Favereiro! Tá chegaaaaando! Contagem regressiva!

Enquanto isso… A música tema feita para o filme da Bey Musa Maior que tô no vício-doencinha já! Play aê:

#countdown #QueenB

Publicado em: PLAYLIST | Com a(s) tag(s): ,

A Teoria de Tudo

27 de janeiro de 2015

a-teoria-de-tudoJá ouviram falar do Stephen William Hawking?

Provavelmente sim, né?

O cientista vivo mais importante, famoso e respeitado no mundo. Se não for o mais, tá ali no top 3 mole!

Não que eu tenha vasto conhecimento na área ou manje bem os outros tantos nomes importantes que certamente existem. Mas esta é a minha sensação depois de assistir o filme-biografia sobre a sua vida.

Eu já sabia que o cara era grande. Muito grande. Gênio. Mas depois do filme… Affff… Ele não é grande, é IMENSO! :) Tipo MUITO MESMO!

Nasceu em 1942, em Oxford. Com 21 anos, já na faculdade, foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica, uma doença motora degenerativa. O médico deu dois anos de vida.

Ele que estava começando a vida, cheio de ambição e apaixonado pela primeira namorada, teve que administrar a notícia e tocar em frente. Não vou dar spoiler, prometo!

Assim, o cara tá vivo até hoje, a gente vai pro filme já sabendo disso, claro. Mas juro que não diminui em nada o envolvimento com a história.

Eddie Redmayne (já amava, amava, amava!) foi o responsável pelo papel protagonista. Sem dúvida o personagem da vida dele! Impecável. Foda (perdão, mas ainda é pouco!). Gênio. Já levou Globo de Ouro e SAG e no meu Oscar ele é campeão.

Não vi todos os filmes dos indicados a melhor ator mas assim, quase impossível alguém me emocionar mais que esse menino. O filme é dele. A transformação que ele vai sofrendo junto do avanço da doença é surrealmente crível, real, de verdade. O olhar. O corpo. A respiração. Tão forte e ao mesmo tempo tão sutil.

Quer maior prova? Hawking publicou em sua página no facebook um texto sobre o filme onde escreveu: “às vezes, eu achava que ele era eu”. Tá bom para vocês?

A Felicity Jones que faz a namorada/esposa chamada Jane Wide também arrasa. Brilha!

E o filme é lindo! Poético. A história muito bem contada.

Eu que aaamo uma biografia, fiquei muitíssimo satisfeita! E hipnotizada pelo trabalho do cara que deve levar Oscar de melhor ator 2015.

Corram já para assistir!

Publicado em: Sem categoria | Com a(s) tag(s): ,

#InstaLooks: SP

26 de janeiro de 2015

Três looks que usei semana passada em São Paulo e que foram parar no meu Instagram! A turma das antigas aqui sabe que nem sempre consigo responder todo mundo lá querendo saber de onde é isso ou aquilo (juro que eu tento!) mas que os looks sempre acabam aqui devidamente creditados! ;)

Elevador bom que é esse da casa dos meus pais, luz mara, dá para sair tudo direitinho da foto! Pena que o do Rio é draaaaamaaaa… Seria um sonho ter um desses por lá também!

Agora vamos falar dos looks

Tive que vir as pressas para cá na quarta passada. Só com mala de mão. Pintou um compromisso de última hora urgente então foi o tempo de jogar três peças de roupa na mala de mão e correr para estrada. Portanto, preparem-se para ver um tanto de mais do mesmo! Variações do mesmo tema! Branco e preto, preto e branco, jeans, jeans com preto, jeans com branco e por aí vai… ;)

looks-insta4

looks-insta3
looks-insta2

 

O pior (ou melhor! ;)) é que acho que não vou conseguir voltar para o Rio (por um ótimo motivo!) essa semana como programado. E sigo com a mesma mala restrita! Oreeeeeeemos! Se for ficar mesmo vou ter que dar meu jeito por aqui…

Preparem-se para ainda mais de mais do mesmo pelo insta! ;) Descontim, pleeeeease, que a pessoa tava (tá!) despreparada!

shop-the-post

Publicado em: LOOKS | Com a(s) tag(s):

Garota Exemplar

23 de janeiro de 2015

gone-girlDando continuidade na minha Maratona Oscar, ontem foi dia de Garota Exemplar. Filme que eu já devia ter visto faz tempo mas marquei um bobeira monstra… Logo que lançou, minha professora de accent lá de Nova York (eu tava morando lá na época do lançamento!) chegou em uma das aulas completamente hipnotizada pelo filme. Louca. Alucinada. Dizendo que foi uma das melhores coisas que viu na vida, melhor filme do ano, surreal e blablabla. Nossa, fiquei curiosa!

Era um mês pesado de aulas o dia inteiro, mais milhares de textos para decorar e adiei. Não tinha tempo mesmo. Mas continuava ouvindo dos amigos que assistiam o quanto era imperdível. E tiveram dois que odiaram. Dois entre vários que amaram. Mas aquele ódio tão fervoroso que também desperta curiosidade, sabe? E fui aumentando a expetativa.

Aí, lançou no Apple TV. Vi o anúncio e comprei sem prestar atenção. Uhum… Bem esperta. Comprei um pre-order. Ou seja, o filme não estava disponível. Comprei por 20 dólares e foram me liberar de assistir só por esses dias. Pensem na minha raiva? Foi tanta, tanta, tanta que segurei a curiosidade e esperei liberarem para pelo menos justificar os 20 dólares pagos e ver direitim na minha tv e em alta qualidade.

Enfim, vi. Junto da família aqui em São Paulo. E adorei o filme. Achei bem bom. Mas não ameeeeeeeeeeei não. Meu peferido de 2014 continua sendo o Boyhood. O campeão do meu Oscar!

Mas bora falar de Garota Exemplar

Ótimo filme! São quase três horas mas a gente vai bem. Eu pelo menos fui muito bem. Embarquei.

Baseado no livro homônimo da jornalista (e também roteirista do filme!) americana Gillian Flynn que vendeu mais de 6 milhões de cópias no mundo todo. Com Ben Affleck e Rosamund Pike no papel dos protagonistas e David Fincher dirigindo.

O filme começa com o aniversário de 5 anos de casamento do casal protagonista. E já começa entregando que a relação não vai nada bem com o personagem de Ben tomando um porre e desabafando com a irmã no bar que são sócios. Ele chega em casa depois disso e encontra a casa revirada e a mulher desaparecida. Aí o filme começa.

O que aconteceu com Amy? Sequestro? Assassinado? Quem foi o culpado? A gente passa a maior parte do filme sem saber. E até o marido é suspeito. Amo o cinismo com que criticam a cobertura sensacionalista da mídia, que, meio que transfoma as investigações quase que em reality show. As redes sociais, a hipocrisia, isso tudo que a gente assiste de casa com frequência na vida real.

Para mim, o que pega mesmo no filme, mais do que “o que aconteceu com Amy?” é “o que aconteceu com o casamento dos dois?”. É isso que me fissura mais. O início da relação é tão bem desenhado. Tudo parece tão encaixado. Casal perfeito. Que me intriga tentar entender quando é que a relação se perde, sabe? Qual o caminho percorrido para 5 anos depois eles não se suportarem mais. Já ouvimos essa história, né? Então…

Amo a trilha. Acho que faz uma caminha perfeita para as cenas de mistério e tal. E gosto muuuuito dos atores. No começo do filme entortei o nariz para atriz (não me perguntem porque, mas ela não me apaixona. Não me faz ter vontade de olhar, sabe?) mas logo acostumei. E seria injusto não escrever sobre os desdobramentos da personagem. Não é a toa que foi a única indicação do filme: melhor atriz! Nem posso entregar muito, tem que assistir para entender, mas ela dá um show. Ups and downs maravilhosos!

Agora assim, SACANAGEM ESSE FINAL. Quem viu vai me entender. E não vou entregar spoiler. Prometo.

Eles não podiam ir embora e deixar a gente assim, sem explicação. Tremenda sacanagem, não? Acho que a gente merecia ver umas coisinhas a mais. Concordando ou não, aprovando ou não. Mereciamos um pouquim mais eu acho!

Mas continuo adorando o filme. Indico. Tem que ver!

Vocês viram? Gostaram?

Quero saber!

Publicado em: CULTURA | Com a(s) tag(s): ,

PERFIL

INSTAGRAM

TAGS

#AmigosAmigosAmoresaParte #ItSong #LeitorasNoElevador #paponosso #PlaylistConvidados art arte cinema conforto crônicas décor esmalte estampa exposição festa Hummm! iphone Jeans Julia Faria Look do Dia Look of the Day MaratonaOscar! meninos minhas leitoras! Moda de Rua musa must have música na cabeça No Elevador! Nova York NY para chorar! Paris quote Restaurante! show teatro tem que ir tem que ver Trend Alert! verão Viagem vida real videoteca

FACEBOOK

PINTEREST

BUSCAR

ARQUIVOS